3 paraísos brasileiros para conhecer em 2017

3 paraísos brasileiros para conhecer em 2017

Publicado em 20 de Fevereiro de 2017 por SPOT Brasil

O ano começou há exatos 51 dias, e você já parou pra pensar em quantas atividades já realizou em 2017? Quantos quilômetros já pedalou? A que altitude já subiu? Quantas aventuras você já planejou pros inúmeros feriados do ano? Como sabemos que boa parte do nosso público trabalha em horário comercial e preferem viajar nos feriados, separamos uma lista com 3 destinos incríveis, pouco explorados no Brasil, pra você se planejar pra viajar, e então se desconectar do mundo, descansar o corpo e mente, aproveitando esses lugares que só o Brasil proporciona!

 

MAMBAÍ

MAMBAI GOIAS BRASIL

 

Situado na Área de Proteção Ambiental (APA) Nascentes do Rio Vermelho, boa parte de sua flora e fauna são preservadas, com inúmeras cachoeiras, rios e trilhas. Em Mambaí, você encontra cachoeiras e cavernas pouco conhecidas e de fácil acesso. A cerca de 300 Km de Brasília, o município localiza-se no nordeste do estado de Goiás, na divisa com a Bahia. Entre os variados poços azuis, o cascading na cachoeira do Funil, a apenas 6 km do centro da cidade, é um dos passeios mais ricos e prazerosos! Lá, é possível observar a cachoeira por outro ângulo – de dentro pra fora, passando pela caverna que dá vazão às águas.

Outro ponto interessante na cidade são as atividades de Ecoturismo e prática de arvorismo. Com alguns grupos e clubes de arvorismo, os turistas podem fazer trilhas, desbravar as matas sobre as árvores e ter mais contato com a natureza. No total, Mambaí reúne mais de 200 cavernas, que levam a cachoeiras escondidas e paradisíacas. Além de todo cenário deslumbrante que a natureza proporciona, um ponto positivo é que boa parte das pousadas e hoteis conta com serviço de massagem e meditação, para ajudar ainda mais a se purificar e renovar na viagem.

  

ALTER DO CHÃO

alter do chão

 

Localizado na margem direita do Rio Tapajós, Alter do Chão é originado de uma aldeia de pescadores, e fica a cerca de 38 km da cidade de Santarém, no oeste do Pará. É possível chegar à vila de barco, e a viagem leva cerca de 3 horas. Além das praias paradisíacas, que levaram o título de Caribe Brasileiro, um dos atrativos mais interessantes da região são os passeios de barco para os lagos, como o Lago Verde ou Mata Encantada, e até a Floresta Nacional do Tapajós. Tem rotas que duram até 5 dias, tendo a rede como cama e as águas quentes e límpidas do rio para o banho. O encontro das águas cristalinas do Tapajós com as águas barrentas do Amazonas também faz parte do roteiro e valem o passeio. Elas não se misturam, e proporcionam uma paisagem impressionante!

Um fator importante para a viagem é observar as marés e volume dos rios nas determinadas épocas do ano, pois de acordo com as estações, os rios podem estar em alta ou vazante, e isso pode modificar sua viagem. As praias da vila, que só podem ser visitadas na época de vazante do rio Tapajós – entre agosto e novembro – revelam exuberante beleza, com areias finas bem brancas, e águas azuis e verdes claras, com temperaturas mornas. O pôr do sol das praias é deslumbrante! Fora do período de seca – de dezembro a maio -, a chuva entra forte na região, e o rio sobe bastante, encobrindo as praias e quiosques da vila. Nessa época os passeios de barco são mais comuns, porém com menos opções de praias. Em junho, as águas começam a baixar, e em agosto, as praias voltam a aparecer e tornar a região especial. Ponto alto pra culinária local, baseada predominantemente em peixes e frutas típicas.

 

PONTA DO MEL E DUNAS DO ROSADO

 

ponta do mel  dunas do rosário RN

Ponta do Mel é a única parte do litoral nordestino onde o sertão e o mar se encontram! Trata-se de um vilarejo localizado no município de Areia Branca, no estado do Rio Grande do Norte. O local fica a 350 km – cerca de 4 horas de carro – da capital Natal, longe o bastante pra desencorajar boa parte dos turistas. Mas para quem persiste em chegar lá, a recompensa é incrível! Uma faixa de areia branca semi-deserta, um mar azul-turquesa, uma vila de pescadores receptiva, dunas e falésias coloridas a perder de vista, com sítios arqueológicos, e um clima de paraíso não descoberto! O jornal Folha de S. Paulo definiu o lugar como um “vilarejo perdido no tempo, rodeado por falésias coloridas, dunas claras e rosadas, voltadas para o mar potiguar. Sem falar na sua gente simpática e receptiva, cheia de histórias para contar”. Acredite, vale a pena!

Nos arredores, encontram-se as Dunas do Rosário, que é o segundo maior conjunto de dunas móveis do Brasil. O deserto de areia estende-se por cerca de 20km, acompanhando a praia. Lá, a caatinga retorce seus galhos à beira-mar em uma rara e selvagem beleza! Os céus límpidos e ventos fortes garantem momentos de contemplação visual impagáveis!

 

E então, já começou a planejar sua próxima viagem? Esperamos que as dicas ajudem os aventureiros da comunidade SPOT Brasil!


DEIXE UM COMENTÁRIO

Meteora | um paraíso da escalada na Grécia

Conheça os Cumes com mais de 6000m nos Andes