No fim de semana de 6 a 7 de maio, a Urca foi palco de um dos principais eventos  de montanhismo e cultura outdoor no Brasil! Foi o Rio nas Montanhas 2017, que marca a Abertura da Temporada de Montanha no Brasil, como outros eventos similares em diversos estados. No Rio, o evento sediou sua 30ª edição, reunindo diversos atletas e entusiastas do mundo da aventura e das montanhas. E a SPOT marcou presença nessa edição histórica! Estivemos presentes para apresentar a marca ao público, apoiar nossos parceiros presentes no evento e interagir com a comunidade de montanhismo carioca!

 

A abertura da temporada de montanhas acontece nessa época do ano pelas condições climáticas, com menos chuva, temperaturas mais amenas e, por isso, mais segurança e conforto para a prática dos esportes. O evento teve uma série de atividades de educação ambiental, demonstrações de técnicas de escalada e resgate, oficinas e workshops, que atraíram muitos montanhistas e trilheiros! Além disso, um acirrado campeonato de Boulder, e a entrega do prêmio Mosquetão de Ouro 2017, que destacou os maiores feitos do esporte no ano passado!

 

Rio nas Montanhas 2017, Urca, SPOT Brasil, Pão de Açucar

Tempo bom trouxe mais visitantes ao evento num dos melhores pontos do Rio, a Urca, que também é base do montanhismo. Foto: Durval Puterman

 

Pedro Hauck, Rio nas Montanhas 2017, Montanhismo, Mosquetão de Ouro

Pedro Hauck, vencedor do prêmio Mosquetão de Ouro 2017, na categoria Montanhismo. Foto: Gabriel Tarso

Foram premiados atletas e personalidades em seis categorias, e dois dos nossos grandes parceiros estão entre os vencedores do ano! Na categoria Montanhismo, o primeiro lugar ficou para o montanhista e geógrafo Pedro Hauck! Em 2016, ele participou de uma expedição à montanha mais alta dos Andes, o Cerro Bonete Chico (6759m), e se tornou o primeiro brasileiro a escalar as cinco montanhas mais altas dos Andes. O montanhista também alcançou o cume de pelo menos sete montanhas nunca escaladas por brasileiros e acumulou 20 ascensões a montanhas nos Andes. Com estes feitos, Pedro chegou a 85 cumes em montanhas andinas. Destas, 46 montanhas diferentes acima de 6 mil metros. Parabéns, Pedro! Prêmio mais do que merecido!

 

 

 

Montanha para Todos, Rio nas Montanhas 2017

Guilherme e Juliana, do Montanha para Todos, recebendo o Mosquetão de Ouro na categoria Montanhismo e Sociedade. Foto: Durval Puterman.

Já na categoria Montanhismo e Sociedade, o mais votado foi o projeto Montanha para Todos, do casal Guilherme Cordeiro Juliana Tozzi. Portadora de uma doença degenerativa, Juliana é a primeira montanhista cadeirante do Brasil. O casal desenvolveu uma cadeira de rodas adaptada para a prática de esportes de montanha, que permitiu o acesso ao Maciço das Prateleiras, no Parque Nacional do Itatiaia. Depois desse feito, em junho de 2016, eles criaram o projeto, que tem por objetivo distribuir a Julietti em locais estratégicos pelo Brasil e pelo mundo, para que qualquer pessoa com deficiência possa utilizar para acessar montanhas e continuar a viver o amor pelo esporte outdoor.

Os vencedores das outras categorias são: Montanhismo e Ação Local: Projeto Pão de Açúcar Verde – Domingos Sávio; Escalada: Conquista da Via Sangue Latino – Edemilson Padilha, Waldecir Machado, Willian Lacerda, Horácio Gratton e Wagner Borges; Escalada Esportiva: Amanda Criscuoli; e Vida na Montanha: Edson “Dubois” Struminski, um dos maiores conquistadores de vias no Brasil que, infelizmente, nos deixou no mês passado.

Siga o Pedro no Facebook: https://www.facebook.com/pedro.hauck/

Siga o Montanha para Todos no Facebook: https://www.facebook.com/montanhaparatodos/

Compartilhar no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *